ENTRETENIMENTOS

 

DINÂMICAS

 

Esta página contem as dinâmicas de 60 a 65 de 97.

 

60- EU E MEU GRUPO

OBJETIVO : Avaliar o grupo e a contribuição de cada um de seus membros.

DESENVOLVIMENTO : Cada um responde em particular às perguntas:

que me agrada no grupo?

que não me agrada?

que recebo dele? o que deixaria de ganhar se ele se acabasse?

que recebo de cada pessoa?

que ofereço ao grupo?

qual foi a maior tristeza?

Cada um responde o que escreveu. É importante ressaltar que não se trata de discutir em profundidade mas principalmente de se escutarem reciprocamente. Depois de ouvir todo mundo, fazer uma discussão do que fazer para que o grupo melhore.

 

61- EXERCÍCIO DE CONSENSO

 

Objetivos: - Treinar a decisão por consenso.
- Desenvolver nos participantes a capacidade de participação, numa discussão de grupo.
Tamanho: 30
Tempo: 40 min
Material: uma cópia da história de Marlene para cada membro e lápis ou caneta.
Descrição:
1. Cada um receberá uma cópia da história de Marlene para uma decisão individual, levando para isso uns cinco minutos;
2. Organizam-se os subgrupos de cinco a sete membros cada para a decisão grupal;
3. O coordenador distribui a cada subgrupo uma folha da história de Marlene, para nela ser lançada a ordem preferencial do grupo;
4. Nos subgrupos cada integrante procurará defender seu ponto de vista, argumentando com as razões que o levaram a estabelecer a ordem de preferência da sua decisão individual.
5. Terminada a tarefa grupal, organiza-se o plenário.

História de Marlene
O exercício seguinte é um treinamento de consenso. A conclusão unânime é praticamente impossível de se conseguir. É preciso, pois, que os participantes tomem a consideração a subjetividade de cada qual, para que se torne possível uma decisão.
Modo de proceder:
O texto seguinte narra a história da jovem Marlene. Cinco personagens entram em cena. Cabe a você estabelecer uma ordem de preferência ou de simpatia para com estes cinco personagens.
Numa primeira fase, cada qual indicará o seu grau de simpatia para com cada um dos personagens, colocando-os em ordem de um a cinco, atribuindo o número 1 ao mais simpático seguindo até o 5.
Em seguida cada um dará as razões que o levaram a estabelecer esta preferência, e com a ajuda dessas informações, procede-se a nova ordem que, então, estabelece a ordem de preferência do grupo.

Eis a história de Marlene:

Cinco personagens fazem o elenco; Marlene, um barqueiro, um eremita, Pedro e Paulo. Marlene, Pedro e Paulo são amigos desde a infância. Conhecem-se há muito tempo. Paulo já quis casar com ela, mas recusou, alegando estar namorando Pedro. Certo dia, Marlene decide visitar Pedro, que morava no outro lado do rio. Chegando ao rio, Marlene solicita a um barqueiro que a transporte para o outro lado. O barqueiro, porém, explica a Marlene ser este trabalho seu único ganha-pão, e pede-lhe certa soma de dinheiro, importância de que Marlene não dispunha. Ela explica ao barqueiro o seu grande desejo de visitar Pedro, insistindo em que a transporte para o outro lado. Por fim o barqueiro aceita, com a condição de receber em troca um manto que usava. Marlene hesita e resolve ir consultar um eremita que morava perto. Conta-lhe a história, o seu grande desejo de ver Pedro e o pedido do barqueiro, solicitando, no final, um conselho. Respondeu: “Compreendo a situação, mas não posso, na atual circunstancia, dar-lhe nenhum tipo de conselho. Se quiser, podemos dialogar a respeito, ficando a decisão final por sua conta”.
Marlene retorna ao riacho e decide aceitar a última proposta do barqueiro
. Atravessa o rio e vai visitar Pedro, onde passa três dias bem feliz. Na manhã do quarto dia, Pedro recebe um telegrama. Era a oferta de um emprego muito bem remunerado no exterior, coisa que há muito tempo aguardava. Comunica imediatamente a notícia a Marlene, e na mesma hora a abandona.
Marlene cai numa tristeza profunda e resolve dar um passeio, encontrando-se com Paulo a quem conta a razão de sua tristeza. Paulo compadece-se dela, e procura consolá-la. Depois de certo tempo, Marlene diz a Paulo: “Sabe que tempos atrás você me pediu em casamento, e eu recusei
, porque não o amava bastante, mas hoje penso amá-lo suficientemente para casar com você.”
Paulo retrucou: “É tarde demais; não estou interessado em tomar os restos de outro".

 

62- SITUAÇÃO NO ESPAÇO

 

Objetivos: procurar sentir o espaço, entrar em contato com os outros elementos do grupo; se relacionar com as outras pessoas do grupo
Tamanho: qualquer
Tempo: 15 min
Descrição:
- O coordenador pede a todos os participantes do grupo que se aproximem uns dos outros, ou sentando no chão, ou em cadeiras.
- Em seguida pede que todos fechem os olhos e estendendo os braços, procurem “sentir o espaço do grupo” - todo o espaço diante deles, por cima das cabeças, atrás das costas, por baixo – e em seguida tomar consciência do contato com os demais ao passar por cima uns dos outros e se tocarem.
- Depois disso se analisa as reações em plenário.

 

63- TÉCNICA DE SAÍDA

 

Objetivos: - libertar de inibições pessoais contraídas.
- tirar o bloqueio das pessoas que se sentem imobilizadas, incapazes de mexer-se ou de fazer o
que gostariam de fazer.
Tamanho: 25
Tempo: depende de cada pessoa.
Descrição:
1. O coordenador convida umas dez a doze pessoas para formar um círculo apertado, com os braços entrelaçados.
2. A seguir convida um participante, possivelmente uma pessoa contraída, para que fique de pé dentro do círculo.
3. Uma vez bem formado o círculo, a pessoa que está dentro recebe ordens para procurar sair do jeito que puder, por cima, por baixo ou arrebentando a corrente de braços. Os componentes do círculo tentam ao máximo contê-la e não deixá-la romper o cerco.
4. Após uma tentativa de uns quatro a cinco minutos, pode-se prosseguir o exercício, trocando a pessoa
que se encontra no meio do círculo.
5. Finalmente, uma vez terminada esta vivência, prosseguem-se os comentários.
6. Esta técnica pode estender-se a uma situação em que a pessoa se sinta constrangida por outro indivíduo, como quando alguém se sente coagido por alguém. Nesse caso o que exerce coação fica de pé, atrás da pessoa que se presume esteja sendo coagida e coloca os braços em volta dela, apertando-lhe fortemente os braços. A pessoa coagida procura então libertar-se.

 

64- Dramatização

 

Objetivos

1- Criar condições para a participação psicológica em uma discussão.

2- Pesquisa um assunto e apresentá-lo, simuladamente.

3- Libertar a discussão da centralização numa pessoa

4- Facilitar a comunicação mostrando ao invés de apenas falar.

5- Dar calor e vida aos fatos estudados.

6- Comprovar as diversas formas de encarar uma situação-problema.

7- Desenvolver a sensibilidade

Componentes

1- Diretor de cena: Promove discussão, esforçando-se para que todos participem dela.

2- Atores: Membros do grupo

3- Auditório: Outros membros da comunidade

Passos

1- Preparo

1.1- Estudo do tema: pesquisa, debate, etc

1.2- Prepara-se o assunto a ser dramatizado

1.3- Define-se personagens e suas características

1.4- Prepara-se os atores

1.5- Prepara-se o cenário

1.6- Prepara-se disfarces, etc.

2- Representação

3- Discussão

3.1 Atores avaliam a apresentação, destacando impressões, animação, envolvimento, relações, aprendizagem, dificuldades.

 

65- Estudo do Meio

 

Objetivos

1- Entrar em contato com a realidade, através de seus múltiplos aspectos, de maneira objetiva, ordenada e positiva.

2- Descobrir aspectos particulares do meio, através de presquisa e reflexão.

3- Compreender as causas de muitos fatos da vida individual e social.

4- Sensibilizar para o dever de prestar serviço à comunidade.

5- Incentivar o exercício da cidadania responsável.

Passos

1- Planejamento:

- Como conhecer nossa comunidade?

a) Descobrindo a necessidades, os interesses, os problemas, as aspirações, as possibilidades, os hábitos, os costumes, como as pessoas se relacionam, os recursos que a comunidade oferece, etc...

b) Para descobrir será necessário fazer visitas, observar, entrevistas, dialogar, levantar dados.

Observação:

- Planejar roteiros de visitas, entrevistas, observações, levantamentos.

- Formar grupos

- Fazer cronograma para realização das tarefas.

- Distribuir as tarefas.

2- Execução/VER

- Realização das tarefas pelos grupos.

3- Apresentação

- Grupos apresentam resultados das entrevistas, observações, levantamentos, etc.

4- Análise/Julgar

a) confrontar os dados com a proposta de Jesus Cristo.

b) Verificar o que não está de acordo.

5- Ação

a) Discutir sobre o que precisa ser feito para melhorar o meio.

b) Ver os recursos disponíveis

c) Projetar a ação ou ações necessárias.

 

6- Celebrar

- Preparar para iniciar a ação.

7- Realizar o projeto

8- Avaliar e celebrar os resultados.

 

Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: Home > Geral > Entretenimentos > Dinâmicas > Dinâmicas de 60 a 65
Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: SIGA-NOS
Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados:
Retângulo de cantos arredondados: INDIQUE O SITE
Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: USUARIOS
Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: AJUDA E SUPORTE
Retângulo de cantos arredondados:
Topo
Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: ENTRETENIMENTOS
Retângulo de cantos arredondados: + Informações Gerais
Retângulo de cantos arredondados: + Galeria de Vídeos
Retângulo de cantos arredondados: + Galeria de Fotos
Retângulo de cantos arredondados: + Concursos
Retângulo de cantos arredondados: + Curiosidades
Retângulo de cantos arredondados: + Dinâmicas   
Retângulo de cantos arredondados: + Jograis
Retângulo de cantos arredondados: Livro de Visitas 
Retângulo de cantos arredondados: + Nomes Significados
Retângulo de cantos arredondados: + Datas Especiais
Retângulo de cantos arredondados: + Livros Legais   
Retângulo de cantos arredondados: + Filmes Legais 
Retângulo de cantos arredondados: Frases Curtas
Retângulo de cantos arredondados: Jogos e Testes
Caixa de texto: Retângulo de cantos arredondados: Desbravadores 
Retângulo de cantos arredondados: Geral
Retângulo de cantos arredondados: Aventureiros 
Retângulo de cantos arredondados: Jovens 
Retângulo de cantos arredondados: Inicio
Retângulo de cantos arredondados: Musica
Retângulo de cantos arredondados: Universitários
Retângulo de cantos arredondados: Blog Oficial
Retângulo de cantos arredondados: Você e Deus
Retângulo de cantos arredondados: Faça Você
Retângulo de cantos arredondados: Downloads
Retângulo de cantos arredondados: Fique por Dentro
Retângulo de cantos arredondados: Mapa do Site
Retângulo de cantos arredondados: Institucional
Retângulo de cantos arredondados: Entretenimentos
Topo
Caixa de texto: Copyright © 2010 - 2017 UniversoDesbravador.com.br - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Raphael A. R. Gusmão - Pimenta Bueno - Rondônia - Brasil
Este site é melhor visualizado em resolução de tela de 1024 x 768
Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: Retângulo de cantos arredondados: